Gérard Caussé

Gérard Caussé é reconhecido como um dos grandes músicos dos nossos dias e um dos poucos que, desde o lendário William Primrose, conseguiu destacar a viola de arco como instrumento solista. Este reconhecimento é extensivo às gravações que realizou, tanto do repertório solista como do repertório de câmara, recebendo grandes elogios da crítica musical internacional.
Nasceu em Toulouse e graduou-se no Conservatório Superior de Paris, onde obteve o Primeiro Prémio de Viola e de Música de Câmara. Colabora regularmente com destacados músicos, como Emmanuel Krivine, Charles Dutoit, Kent Nagano, Gidon Kremer, Michel Portal, Maria João Pires, Augustin Dumay, François-René Duchable, Renaud Capuçon, entre outros.
Gérard Caussé foi director artístico e maestro titular da Orquestra de Câmara Nacional de Toulouse e, recentemente, tocou como solista com a Orquestra Nacional de França, o Filarmónica da Radio France, Orquestra Nacional de Lille, Orquestra do Capitólio de Toulouse, Filarmónica de Montpellier, Orquestra da Suisse Romande, Filarmónica do Luxemburgo e Orquestra Sinfónica de São Paulo, entre outras.
Foi Professor no Conservatório de Paris e na Escola Superior de Música Rainha Sofia, em Madrid, e leciona actualmente na Academia Internacional Yehudi Menuhin, em Gstaad.
A sua ampla e premiada discografia inclui mais de 60 gravações para a EMI, Erato, Philips, Teldec, Virgin Classics, Harmonia Mundi e Deutsche Grammophon.
Gérard Caussé partilha o palco com a sua magnífica viola Gasparo da Salò de 1560.

01 Outubro 21h00 – Teatro Municipal de Bragança
Dia Mundial da Música VIENA CLÁSSICA

02 Outubro 17h00 – Sé Velha de Bragança
MOZART & PAGANINI