Daniel Bonilla-Torres

Natural de Porto Rico, Daniel Bonilla-Torres estudou fagote na sua ilha natal, formando-se depois como cantor lírico na Manhattan School of Music. Nos anos seguintes, desenvolve a sua carreira nos EUA, mudando-se em 1976 para a Europa, onde integrou os ensembles das óperas de Stuttgart e de Zurique e apresentando-se como convidado em teatros por toda a Europa, Rússia e Japão. Além do canto lírico, Daniel enveredaria também pela representação (em teatro e cinema) e foi desse modo que se aproximou do papel de Duende em ‘Maria de Buenos Aires’, no qual se estreou no Teatro de Kiel (Alemanha), em 1999, e que revisitou inúmeras vezes e em numerosos países desde então.
Também se experimentou como realizador de diversos projectos em torno da música tradicional argentina. Desde 2008, Daniel é director artístico e de produção da companhia de teatro Komitee Komplett, em Estugarda.